Guia de sobrevivência ao fim de ano

Ele chegou. O fim de ano. Com ele vem as piadinhas dos tios (é pave ou pra comer?), as perguntas das tias (tá namorando? por que não?), e as conversas sem graça da mesa (no tempo da ditadura não tinha esses baderneiros! A ditadura só perseguiu terrorista!).

Vontade de simplesmente sumir está presente, mas não queremos ser tão mal educados como as pessoas ao nosso redor. Como sobreviver? Seguem algumas dicas:

1) Podcasts, músicas e afins

A ideia é simples: quem ta de fone de ouvido não é incomodado. Sei, é chato pra alguns ficar de fone de ouvido durante a ceia de natal; mas a dica aqui é pra antes e depois da ceia. Durante a ceia é mais facil falar sobre o que está sendo comido, e ficar quieto sobre todo o universo de coisas que vem a mente.

2) Ficar atrás da camera fotografica

Todos amam aquele que se sacrifica pelas fotos que serão compartilhadas pelos próximos meses. Tanto pra comemoração ou pra lembrar que um dos primos não soube escolher bem o corte de cabelo. E esse ser ~altruista~ NUNCA deve ser incomodado, porque as fotos dependem da concentração dele!

3) Livros, muitos livros

Ninguém enche as paciencias de quem ta lendo. Até porque é melhor ficar lendo do que fazer como “seus amigos que ficam na internet o dia todo”. Além de ser “exemplo pros seus primos!”

4) Apenas aceitar que vai rolar briga

“Mas você sempre quer ser polêmico!”. Talvez essa seja a frase que você mais vai ouvir esse final de ano, mas não tem problema. Só seja o mais educado e tente entender que o outro tem entendimentos diferentes, e tentar evitar ao maximo ofender (não fale mal da pessoa, fale mal da ideia dela).

Espero que tenham um otimo final de ano, sem muitas brigas. Mas se forem discordar não pode cuspir, puxar cabelo, ofender, arranhar a cara do amiguinho. Sejamos civilidados.

Published by

Max

Responsável por essa bagaça, aquele que teve a ideia de que ter um blog seria legal. Escreve sobre o que vem na cabeça, as vezes sobre o que sobressai nas redes sociais também.