Porque tentamos (ainda) fazer filmes baseados em mitologias?

Alex Proyas é um diretor australiano nascido no Egito. Recentemente ele dirigiu o filme “Deuses do Egito”, e claro causou muita controvérsia. Principalmente porque todos os atores contratados são europeus ou norte-americanos brancos e porque os mitos egípcios foram tripudiados pela narrativa do filme. Entendam, eu ainda não assisti (principalmente por não assistir filmes com menos de nota 7 no IMDb, é daquelas manias que todos temos) e não vou falar da narrativa do filme, mas da controvérsia quanto ao problema de retratar narrativas mitológicas no cinema e a questão racial. Continue reading Porque tentamos (ainda) fazer filmes baseados em mitologias?